Publicidades Rejeitadas – Foi você que não quis ver?

O mundo do comércio e do marketing quando lança novos produtos procura, na maior parte dos casos, passar uma ideia. Uma ideia ideial (passe a redundância) que marque uma forma de estar e uma linha de pensamento.

Quando são bem sucedidos, temos publicidades que marcam toda uma geração, na forma de estar e pensar, bem como de objectivos para o futuro. Quando não são bem sucedidos, bom… estão condenados ao silêncio.

No entanto, nem sempre os menos sucedidos ficam no silêncio, ou os bem sucedidos marcam a sociedade. Não é linear. Nem tão pouco uma questão de sucesso. É uma questão de pertinência, de oportunidade, inovação e essencialmente de reflexão sobre aquilo que somos e aquilo que desejamos ser. Ao fim ao cabo é mais um reflexo de nós e se este reflexo é chocantemente distorcido da realidade, digamos que quase de certeza vai ser banido.

Avanço um exemplo ao acaso entre tantos de sucesso:

Em 1995 a Vodafone, na altura chamada Telecel, lançava o seu mais que tudo anúncio. Um pastor de rebanhos (como muitos que existiam em Portugal) que enquanto guardava o seu rebanho de ovelhas em pastos verdejantes, recebia uma chamada telefónica. Este, fascinado pela tecnologia, empenhava orgulhoso o seu telemóvel e dizia para as suas ‘grandes amigas’ ovelhas:”Tou Xim. [a chamada] É para mim!”.

Foi um marco. Passava a ideia de que era possível aceder aquele universo fantástico das comunicações, de tal forma fácil, que até um pastor o conseguia fazer. E onde quisesse, pois a cobertura era de “100%”. Marca uma geração e revoluciona Portugal. Este passa a ser dos países da Europa com maior taxa de penetração no mercado das telecomunicações.

Apesar de tudo, este post é essencialmente para mostrar que também há publicidades que foram de alguma forma rejeitadas.

Como em Portugal ainda não tive oportunidade de saber quais foram banidas, avanço aqui algumas que descobri que foram em outros países.

O site que tem uma colecção relativamente vasta sobre este tema é o http://www.bestrejectedadvertising.com/

Selecciono algumas muito engraçadas:

kylie-agent.jpg

Este anúncio de 2001 para a marca de underwear ‘Agent Provocateur’, caracterizado pela cantora Kylie Minogue, foi considerado pelas autoridades reguladoras como demasiado explícito para ser mostrado na televisão britânica e foi aprovado apenas para cinemas. No entanto, o anúncio posteriormente se tornou largamente visto como uma publicidade viral na net – um dos vídeos mais descarregados de sempre, de acordo com o arquivo viral, Boreme.com. [texto traduzido do site]

levi-australia.jpg

Este segundo, mostra uma campanha da marca de roupa Levi’s para a Australia, onde uma rapariga supostamente é afogada para renascer com a última peça de roupa desta empresa multinacional. É o “Reborn” segundo a Levi’s.

——————–

Leituras paralelas:

——————–

Veja outras entradas relacionadas:

——————–



%d bloggers like this: