Archive for the 'humor' Category

Coldplay – Violet Hill – O Videoclip Que Devia Ter Sido E Não Foi.

Fossem os ColdPlay por este videoclip para a música ‘Violet Hill’ e teriamos os olhos mais abertos:

‘Violet Hill (Dancing Politicians)’

Nota: Os próprios publicaram este clip no youtube. Clica aqui

Advertisements

Relativamente Feia

Em jeito de paródia sobre o tema do ser bela que o meu amigo Sérgio lançou em questão no blogue dele, deixo aqui uma música animada:

“Relativamente Feia” dos Gato Fedorento

Ventilando com Humor – Sobre a ASAE

Um post como humor sobre a actuação da ASAE e o que os políticos pensam (realmente) dela.

Para ver no Ventilando – “Estamos fechados – Fomos apanhados pela ASAE”.

slim

Medicina na Voz do Povo – PÉROLAS!

Recebi este ‘aguça-apetites’ para o livro de Carlos Barreira da Costa (Medicina na Voz do Povo) por email e não resisto a partilhar na caixinha de curiosidades.

<<

Carlos Barreira da Costa , médico Otorrinolaringologista da mui nobre e Invicta cidade do Porto, decidiu compilar no seu livro “A Medicina na Voz do Povo”, com o inestimável contributo de muitos colegas de profissão, trinta anos de histórias, crenças e dizeres ouvidos durante o exercício desta peculiar forma de apostolado que é a prática da medicina. E dele não resisti a extrair verdadeiras jóias deste tão pouco conhecido léxico que decidi compartilhar convosco.

O diálogo com um paciente com patologia da boca, olhos, ouvidos, nariz e garganta é sempre um desafio para o clínico:
“A minha expectoração é limpa, assim branquinha, parece com sua licença espermatozóides”.
“Quando me assoo dou um traque pelo ouvido, e enquanto não puxar pelo corpo, suar, ou o caralho, o nariz não se destapa”.
“Não sei se isto que tenho no ouvido é cera ou caruncho”.
“Isto deu-me de ter metido a cabeça no frigorífico. Um mês depois fui ao Hospital e disseram-me que tinha bolhas de ar no ouvido”.
“Ouço mal, vejo mal, tenho a mente descaída”.
“Fui ao Ftalmologista, meteu-me uns parafusinhos nos olhos a ver se as lágrimas saíam”.
“Tenho a língua cheia de Áfricas”.
“Gostava que as papilas gustativas se manifestassem a meu favor”.
“O dente arrecolhia pus e na altura em que arrecolhia às imidulas infeccionava-as”.
“A garganta traqueia-me, dá-me aqueles estalinhos e depois fica melhor”.
Continue reading ‘Medicina na Voz do Povo – PÉROLAS!’